,,

Translate it!

Minha chegada ao Egito: Férias!!

toc-toc

Ontem cheguei ao Egito, no aeroporto do Cairo, era 7:20h da manhã após sair de Dubai 5:20h... são 4h de voo, mas devido ao fuso horario de -2h parece que a viagem só dura 2h... complicado essa matematica rsrsrs na verdade em Dubai era 9:20h. Se foi indo ao Brasil seriam 7h a menos.
Deixando essa conversa de numeros de lado, porque nao sou boa com eles, prefiro Letras rsrsrs, vamos falar de Egito, afinal foi por isso que vim aqui.
A chegada no Cairo até pegar as malas foi tranquila... porém  ainda tem a ida à Alexandria e ai que começa o drama rsrsr


Taxi do aeroporto estilo europeu - TAXI NUTELA

TAXI RAIZ - Taxi amarelo esgtilo egipcio 🤣
Precisamos pegar um transporte e ai a novela começa... dentro do aeroporto do Cairo há varios serviços oferecendo transporte, o que ninguem sabe é que nem todos sao confiaveis,... se voce tem alguem que possa pegar  voce e levar ate seu destino, entao faça isso, mas nao use os agentes de dentro do aeroporto, é uma verdadeira mafia!Pegamos um desses agentes, acertamos o preço, 550 Egyptian Pounds (com desconto) e fomos ate o carro... colocamos as malas e entramos e entao o motorista nos informa que nao podera ir porque é sua "troca de turno" e temos que trocar de carro... apos meia hora de cara feia entao trocamos... outra novela... esperamos, esperamos e nada... eles estavam tentando nos fazer pagar mais... entao meu marido que é egipcio e aprendeu a "explodir" rsrsr explodiu!: Idini fulusy! (Me dá meu dinheiro) e fala daqui, fala dali... pegamos nosso "fulus" de volta. Entao baixamos o aplicativo do Uber que meu colega de trabalho que mora no Cairo havia me indicado... chamamos o Uber e o serviço nos custou 735 Egyptian Pounds, mas fomos direto à Alexandria com um senhorzinho de uns 60 anos de idade, conversador como todo bom egipcio, numa viagem agradavel e segura.
Existe um onibus, tambem, que faz esse trajeto, aeroporto x Alex, mas parece que a viagem dura mais  tempo... mas é mais barato, porem, estamos com muitas malas e criança, preferimos nao sofrer mais.
Outra opçao é ir ate à estaçao de trem e pegar um ate Alex, mas teriamos que de novo pegar um taxi ate a estaçao, resolvemos nao mais falar com esses picaretas e seguimos com o Uber mesmo.
No Egito, sempre tenha cuidado em negociaçoes, ao comprar algo nunca perca seu vendedor de vista, ele pode estar trocando sua mercadoria, ou vendendo a outro...
Sempre procure por serviços com garantia e de estabelecimentos comprovados, nao caia na mao de agentes, porque com certeza voce vai se dar mal! 
Tirando essa parte, o clima do Egito é maravilhoso, comparando com os Emirados. Ar fresco, brisa soprando, estamos na primavera! O ar do Mediterraneo nos faz sonhar... Ao chegarmos em Alex notei que as ruas pareciam molhadas... era em torno de meio dia. Perguntei ao meu marido se estava chovendo e ele disse que nao... era a umidade do sereno e do ar... maravilha!
Ao longo da rodovia entre Cairo e Alexandria vi muita lavouras e areas rurais. As casas geralmente sobrados ficam no meio do nada. Notei algo estranho sobre elas... uma estrutura de barro em forma de cone, com muitos buracos redondos ao redor e alguns caibros de madeira atravessando de um lado ao outro. Aquilo me fez se perguntar para que serviria? E entao descobri que sao "pombais", casa para pombos, uma carne apreciada aqui, se é que tem carne neles rsrsr
Esses cones brancos sao pombais


A rodovia segue limpa e sem buracos com divisao para caminhoes, otimo para a segueança de todos.
Pagamos pedagio em um certo ponto, acho que 10 Egyptian Pounds, nao sei bem ao certo. Mas vale porque as rodovia esta bem cuidada.
Antes de entrar em Alexandria vimos muitos Toc-tocs andando de um lado para o outro e os taxis amarelos também... uma coisa que no Brasil é proibido ha muito tempo, aqui no Egito ainda é muito normal, sao os motociclistas andando sem capacete... praticamente aqui isso nao existe, o capacete!

Chegamos no bairro conhecido como Saba Besha, mas o nome de registto é al Bustan.
No Egito nao é comum predios de mais de 3 andares terem elevador, por isso vamos subir e descer 5 andares pelas escadarias... pelo menos vou ficar "fit" 🤣!
Algumas fotos do Cairo saindo do aeroporto



















Algumas fotos da entrada em Alex

Estou postando do celular, talvez a formataçao do texto nao fique muito boa, entao assim que der para usar meu pc vou arrumar o que precisa. Clique nas fotos para ver melhor














Leia Mais ►

Leia Mais ››

40 PALAVRAS ÁRABE ILUSTRADAS



Talvez você já tenha visto essas figuras ilustradas em algum post no facebook ou Instagram, mas resolvi escrever um  poouco mais sobre o artista que cria essas imagens em cima de palavras árabes. Se você não sabe o signnificado delas poderá entende-las apenas vendo o desenho que ela representa.

Eu estou falando do Arquiteto e designer gráfico Mahmoud Tammam traduziu seu amor de manipulação de palavras em uma deliciosa série comemorando a linguagem. Baseado em Alexandria, no Egito, o criativo iniciou o projeto como um "desafio pessoal". Ele explica: "Eu manipulo palavras árabes e as transformei em seu significado, e fiz um total de 40 palavras ilustradas". Estas palavras ilustradas árabes são incluídas em cada retrato para ajudá-lo na pronuncia.

Usando os caracteres árabes, Tammam modela suas curvas inclinadas e pontos nos corpos de animais, pedaços de frutas e paisagens distantes. Suas manipulações pictóricas são sem emenda e elegante, fundindo palavras e imagens tão bem que é difícil dizer onde um termina eo outro começa. Isso elimina a diferença entre as barreiras linguísticas - mesmo se você não consegue ler a linguagem, você pode olhar as ilustrações de Tammam e entender instantaneamente o que está lendo.

Veja alguma delas:

diraajah - bicicleta

Leia Mais ►

Leia Mais ››

Alcorão para Download MP3 e Ebook (livro digital) Arabe, Portugues e Transliteração



Já faz algum tempo que coloquei esses arquivos no servidor 4shared.com para uso público mas nunca coloquei aqui organizadamente para download.

Eu comprei aqui o Alcorão em CD com dois recitadores diferentes e um com a traduçao em Portugues durante a recitação.

Vou postar aqui para quem gosta de ouvir ou para quem quiser fazer o download (baixar) no seu computador para ter sempre á mão também é legal, ou ainda colocar no seu play ou fone como mp3.

Também vou deixar o PDF (livro digital) do Alcorão em árabe, português e transliteração para quem quer aprender a pronunciar correto.

Não tenho certeza, mas acho que para baixar arquivos do site 4shared.com você precisará abrir uma conta, o que não é difícil porque você poderá usar a sua conta do facebook na hora de se cadastrar, é quase que automático.

Se você quiser ir direto no 4shared basta clicar nos títulos dos produtos

ALCORÃO AUDIO MP3 - ARABE COM TRADUÇAO EM PORTUGUES





ALCORÇÃO EM ARABE MP3 - RECITADOR SAAD AL GHAMDY





ALCORÃO EM ARABE MP3 - RECITADOR SHEIKH MISHARY RASHID AL-FALASY

O que eu mais gosto 💔💓





LIVRO DIGITAL EM PDF - ALCORAO SAGRADO EM ARABE - PORTUGUES E TRANSLITERAÇÃO




Qualquer problema no download, deixe recado que mando por email.


salam!

Cris Freitas


 
Leia Mais ►

Leia Mais ››

O pão da vida "Aish baladi". O pão do Egito com receita


   
meninos vendendo pão no Cairo Antigo

Na cozinha egípcia, jordaniana, iraquiana, israelense, libanesa, palestina e síria, quase todos os pratos saborosos podem ser comidos em ou sobre um pita. Recheios comuns incluem falafel, cordeiro ou frango shawarma, kebab, omeletes como shakshouka (ovos e tomates), hummus, e outros pratos.


Um pouquinho de história


Egito, onde tudo começa!

No Egito antigo, o pão era feito de uma espécie de trigo antigo chamado "Emmer". Naquela época, havia dois tipos de grãos que os antigos egípcios plantaram: trigo e cevada.
Uma descrição da padaria real de uma gravura no túmulo de
 Ramesses III no vale dos reis. Data da 20a dinastia.
O trigo tinha um status importante na economia do Egito Antigo. Não era usado somente para fazer pão; Era também uma forma de pagamento. O trigo era tanto uma mercadoria estratégica do Estado e mantida em abóbadas, bem como um investimento para tempos mais difíceis. Emmer ganhou o seu valor de seu alto teor de fibra, baixo teor de glúten e qualidade orgânica. Era o alimento que os ricos e os pobres comiam, e era uma planta sagrada para deuses egípcios antigos, particularmente Osíris.
grão de emmer
O tempo da colheita era uma grande celebração no Egito Antigo, especialmente quando as orações eram respondidas eo grande rio Nilo inundava generosamente para irrigar diferentes culturas, principalmente o trigo. Ainda hoje, o cultivo de trigo traz felicidade, esperança e agradecimento a Deus pelos agricultores egípcios e suas famílias. Esta tradição de crescimento do trigo, que remonta a mais de 5.000 anos, trouxe o pão achatado egípcio "pão plano Baladi" - um pão muito especial que não é como qualquer outro. Embora possa parecer semelhante ao pão pita em forma, pão plano Baladi tem um gosto muito diferente.
Egípcios antigos assavam o pão de trigo ou cevada emmer, e adicionavam fermento selvagem para ajudar a crescer a massa. Eles usaram para aplainar a massa em uma placa de cozimento redonda e assavam em alta temperatura em fornos construídos a partir de lama vermelha do Nilo. O método e os ingredientes do cozimento remanesceram os mesmos em todas as casas de fazendeiros no Baixo e Alto Egito, desde que o faraós começaram a tradição.
Mas o que é realmente único sobre o pão egípcio?




O verdadeiro sentido da palavra "aish
" عيش = vida


Pão em árabe padrão é "Khobz" خبز , que é a palavra mais comum para o pão nos países árabes, exceto o Egito. No Egito, chama-se 'aish (عيش) ou 'aish baladi (عيش بلدي). A palavra "aish" vem da raíz semitica ع-ي-ش que significa viver ou estar vivo, ou sobrevivência, subsistência.
 
Baladi significa "meu páis", mas a palavra "Aish" é a chave para entender o lugar especial de pão na herança egípcia. Aish significa "vida", que é como os egípcios têm percebido pão desde os tempos antigos. O pão é considerado uma mercadoria que os egípcios não podem viver sem em sua dieta diária. Ele fica em cada mesa, café-da-manhã e jantar. Nunca falha em fazer uma pessoa se sentir completa e feliz. É um termômetro de humor.
mulher vindo da padaria no Cairo
Pobre ou rico, todo mundo come pão. Se uma pessoa não tem dinheiro e está com fome, basta pegar um pedaço de "Aish baladi" e uma xícara de chá. Se um agricultor quer fazer uma pausa de seu trabalho, ele come "Aish", e talvez alguma cebola, rúcula, ou queijo cottage.
O pão é sinal de amizade, amor, lealdade e relações duradouras. Você pode ouvi-la em conversas amigáveis ​​sobre "partir o pão." Aish é uma expressão simbólica da prosperidade, porque tem sido sempre um trabalho e uma fonte de renda seguros para Egipcios de todas as idades durante todo o tempo.

Aish baladi pode ser usado como páo normal, para enrolar sanduiches de kabeb, kebda, falefal, shawerma... e também cortados em pedacinhos e transformados em colherzinhas para mergulhar em molhos e pastas como hummus (pasta de grao de bico) e babaganush (pasta de beringela) e levá-los diretamente à boca. Esse pão é rico em carboidratos e proteínas e pode ser comido diariamente com "fool medames" uma mistura feita de feijao fava, tahine e condimentos.


O outro tipo de pão o "Aish Merahrah"



Aish Merahrah عيش مرحرح é um pão plano egípcio feito com 5-10% de sementes de feno-grego moídas adicionadas à farinha de milho. É parte da dieta tradicional do campones egípcio do Alto Egito, preparada localmente em casas de aldeia. Os pães são planos e largos, e usualmente possui cerca de 50 cm de diâmetro. A farinha de milho é transformada numa massa macia que é fermentada durante a noite com a ajuda de um fermento, em seguida, moldado em pães redondos e deixados crescer por 30 minutos antes de ser achatado em discos redondos, que são cozidos. Este pão pode ser mantido por dias em um recipiente hermético.
aish merahrah

A adição de sementes de feno-grego aumenta o teor de proteína, tempo de armazenamento e digestibilidade do pão. Por outro lado, faz com que o comedor exale um odor distintivo em seu suor, que é ocasionalmente zombado por mais egípcios urbanos.
Eish merahrah é semelhante ao markouk, um pão libanês.





Governo moderno


Shawn Baldwin | Bloomberg | Getty Images
Clientes comprando pão no Cairo, Egito.

No Egito moderno, o governo subsidia o pão, que remonta a uma política da era Nasser. Em 2008, uma grande crise alimentar causou filas de pão cada vez mais longas em padarias subvencionadas pelo governo, onde normalmente não haveria nenhuma; As lutas ocasionais estalaram sobre o pão, conduzindo ao medo do tumulto. Os dissidentes egípcios e observadores externos do antigo regime do Partido Democrático Nacional criticaram freqüentemente o subsídio do pão como uma tentativa de comprar as classes operárias urbanas egípcias para encorajar a aceitação do sistema autoritário; no entanto, o subsídio continuou após a revolução de 2011.
"Aish Baladi" tem sido um amigo querido para os egípcios desde os tempos antigos. Uma oração para obter as bênçãos de Deus durante o tempo de colheita é imortal nos genes egípcios. O país canta pelo pão, celebrando a colheita do trigo.

No Egito o governo tem aprimorado o trigo com suplementos vitamínicos de Ferro e Ácido Fólico para suprir as necessidades diária da população.




"Aish Baladi" não é apenas um alimento para os egípcios; É um reflexo da cultura egípcia e um significado significativo da vida. Assista a este vídeo de 1946, onde os egípcios apreciam o grão através da música e da dança.





**************************

Receita para "Aish Baladi"

1/2 colher de sopa. Levedura seca ativa (femento)
1 1/4 xícaras de água morna
2 1/2 xícaras de farinha de trigo integral
1/2 colher de sopa de sal
Farinha de trigo para polvilhar
Em uma tigela, bata a levedura com água morna e deixe-a até espumar.
Adicione farinha e sal e mexa com as mãos.
Cubra a massa e deixe-a repousar durante uma hora.
Forme bolinhas de tamanho pequeno e deixá-as descansar por meia hora.
Aplaine cada bola de massa em círculos na espessura de meio dedo.
Adicione farinha à parte superior e inferior de cada pedaço de massa achatada.
Asse em uma pedra em um forno a 450 graus se for forno rústico; para forno normal use alta temperatura até as bolinhas incharem e ficarem douradas.

Belhana!
 

Veja como fazer o "aish baladi" ou pitta bread ou o pão pitta egípcio:

 




Extra


Assista essa reportagem feita no Egito (em Inglês legendado) onde eles falam da importância do pão para os egípcios:





Fontes
Arab America
Fotos da web

Leia Mais ►

Leia Mais ››

De Luxor a Assuan pelo Rio Nilo



Seguindo minhas traduçoes sobre Alexandria, porém, hoje quero falar de Luxor e Assuan, subindo o Nilo. Interessada em conhecer essa parte do Egito, quero visitar alguns lugares, e para isso pesquiso antes para poder montar meu roteiro. Espero que gostem.
Ah nem todos os lugares é possivel visitar, algumas tumbas não são abertas, outras abrem em dias alternados, mas o passeio de barco pelo Nilo de Luxor a Assuan deve ser o máximo.


Cruzeiro pelo Nilo - Luxor e Vale dos Reis ao fundo





Luxor que significa "os palácios", em árabe está localizado nas margens do rio Nilo no Alto Egito. Luxor é um lar de um grande número de templos, monumentos e terrenos de enterro que estão localizados dentro e ao redor da cidade. Luxor, após as pirâmides é uma atração turística popular e uma base para explorar a era faraônica do Egito. Existem muitas atrações em Luxor que podem muito atrair os turistas que incluem o Vale dos Reis, Túmulos dos Nobres, Vale das Rainhas, os Colossos de Memnon, o Rammuseum, Templo de Esna, Templo de Hatchetsup, Templo de Luxor eo Templo de Karnak.

Agitada com os turistas durante sete meses do ano, Luxor nos dias modernos é uma cidade construída sobre a economia do turismo. A cidade tem infinitas coisas e atividades para oferecer, incluindo tudo, desde barcos de cruzeiro, feluccas para lojas, touts, restaurantes e muito mais. O lugar pode ser muito gratificante para as pessoas que são pacientes. Viajar para Luxor oferece fácil oportunidade de explorar outras cidades egípcias, incluindo Cairo, Assuão e Hurghada.


O que fazer em Luxor


Quando em Luxor, nenhum turista pode ficar entediado. As muitas atividades que se pode desfrutar aqui incluem:

  • Caminhar do Vale das Rainhas através do deserto e sobre os penhascos para o Vale dos Reis pode ser uma experiência incrível!
  • Alugar uma bicicleta para explorar Tebas antiga cidade pode ser uma grande experiência.
  • Um passeio de felucca (barco típico) local pode ajudar na exploração da lado oeste de Luxor.
  • A visita ao estábulo dos faraós pode levar os turistas a lugares que não são acessíveis por grandes onibus, ajudando qualquer pessoa a desfrutar do verdadeiro Egito.
  • Realizar o Passeio do Por do Sol eo Passeio do Nilo estão entre as coisas que se deve fazer em Luxor.
  • Passeios de balão também são oferecidos no Banco Oeste para desfrutar de uma vista fascinante de Luxor, enquanto vê todos os marcos importantes. O vôo é geralmente de 40 minutos de duração e é uma maneira única de ver Luxor.

Atrações de Luxor


Luxor, uma vez que a capital próspera do Egito durante a Era do Novo Reino teve muitos monumentos construídos durante este período, que ainda permanecem. Luxor é uma cidade para muitos túmulos e templos de faraós quando comparado com outros lugares no globo. Luxor é de fato um destino de visita obrigatória para qualquer pessoa que pretenda ter uma viagem histórica para o rico e tradicional passado do Egito. Monumentos em Luxor estão localizados em duas áreas, nomeadamente Banco Oeste e Banco Leste.

 



Monumentos no Banco Leste do Nilo



A maior parte da cidade moderna e amenidades estão localizados nesta parte ea área também abriga muitos hotéis e albergues, estações de trem e ônibus e do mercado.


Templo de Luxor:

O Templo do Novo Reino foi encontrado por Amenophis III e está localizado perto da beira-mar e do bazar. À noite, o local é iluminado com luzes verdes.





Templo de Karnak:

Um dos maiores monumentos do Egito, e é dito que os templos de Luxor e Karnak foram construídos por uma avenida de cerca de 2000 esfinges.
Complexo do Templo de Karnak (fonte: Pinterest)

Museu de Luxor:

O museu é um lar de muitas estátuas, relíquias funerárias e outras descobertas dos principais locais da cidade. Todas as antiguidades aqui foram bem explicadas com rótulos e descrições em inglês.


O Bazar:

O Grande Bazar ou Sharia Al-Souk tem todas as lembranças egípcias favoritas e há uma seção que dá uma sensação mais autêntica da experiência.


O museu da mumificação:

Mumia de ouro de Ram

Localizado pelo terminal da balsa na margem ocidental. Esta é a avenida para muitas conferências fascinantes por peritos de Egyptologia conduzidos durante invernos e é dedicada às práticas e às crenças do funeral que datam a era antiga de Egipto.

Monumentos no Banco Oeste do Nilo



Os muitos locais no Banco Oeste do Nilo são consultados coletivamente como Necropolis de Theban. Os muitos lugares que vale a pena visitar aqui incluem:


Vale dos Reis

O lugar tem cerca de 65 túmulos escondidos e Tutancâmon é o mais famoso destes todos e o primeiro a ser descoberto totalmente intacto.




sarcófago do Faraó Tutakhmon


Recentemente foi anunciado que outro túmulo foi descoberto no Vale dos Reis. O número KV63 foi descoberto pelo Dr. Otto Schaden. Anteriormente, o último túmulo foi descoberto por Howard Carter e Lord Carnarvon, KV62, o túmulo de Tutankhamen. Ela varia, mas geralmente há mais de 12 túmulos no vale que pode ser visitado. É melhor verificar o dia que você visita como você pode ser agradavelmente surpreendido. Além disso, quem sabe quem você pode ver, por exemplo: Zahi Hawass, Sabri Azeb, e Mustapha Waseri.






Templo de Hatshepsut: 

O lugar é um templo mortuário para o governante feminino mais famoso do Egito ea parte central é construída diretamente na base do penhasco. Em tempo claro, este monumento é visível do banco do leste.


Templo de Hatshepsut (fonte: Travel Photos)


Vale das Rainhas:

O Vale das Rainhas está localizado no Banco Oeste em Luxor (antiga Tebas). Há entre 75 e 80 túmulos no vale das Rainhas, ou Biban al-Harim. Estes pertencem às rainhas das dinastias 18a, 19a e 20a. Uma das cinco esposas de Ramesses II, Nefertari era sua favorita e o túmulo aqui foi dito ser um do mais bonito do Egipto. O túmulo é completamente pintado com cenas embora fora na maioria destes, Nefertari, conhecida como "a mais bonita delas", é acompanhada por deuses. Ela geralmente está vestindo uma coroa de ouro com duas penas estendidas da parte de trás de um abutre e vestida com um vestido branco, fino. Certifique-se de não perder o quarto lateral onde uma cena retrata a rainha adorando o corpo mumificado de Osíris.
Existem cerca de oito túmulos de crianças reais, rainhas e altos oficiais; Porém a maior parte não foi revivida durante a escavação.

 Tumba de Nefertari [QV66] parcialmente recuperada

Embora o túmulo de Nefertari está fechado, exceto para grupos especiais com muito dinheiro, isso não significa que não há nada para ver aqui. Há os túmulos de duas princesas e uma rainha abertos e daqui você pode caminhar até a aldeia do trabalhador e o santuário de Meretsegner e Ptah.


Tumbas dos nobres:

Localizado perto da Velha Vila Gurna, o lugar tem uma coleção dos túmulos e aqui os muitos  nobres foram enterrados extravagantemente e publicamente.


Ram Museum: 

O lugar é um templo mortuário do poderoso de Ramses II.


Estadia Em Luxor


Luxor tem um grande número de opções de acomodação, incluindo tudo, desde albergues e barracas de camping até 5 estrelas de luxo. Luxor é dito ter as maiores variações sazonais em taxas de hotel no Egito. O maior número de acomodações em Luxor é no banco do Leste, mas o isolado e mais descontraído Banco Oeste também oferece muitos lugares para ficar localizado perto do Vale dos Reis e os túmulos.

Aos arredores de Luxor

Ao visitar Luxor, os turistas não têm qualquer opção limitada quando se olha para as atracções turísticas, em torno de Luxor também, há muitos lugares localizados como:

Templo de Seti I:

Templo de Seti I, em Abydos, representa o melhor trabalho de socorro no Egito e visitar este lugar exige empreender uma viagem longa de Luxo.
 
Templo de Seti I em Abydos

Em Dendera pode-se encontrar o bem preservado templo ptolemaico de Hathor.




Templos de Abu Simbel

É  a única razão pela qual os turistas de todo mundo se atraem para esta parte do Egito. Construído pelo rei Ramses II, os templos de Abu Simbel são apontados para serem os mais impressionantes. O Templo do Sol, situado nas margens do rio Nilo, foi construído em 1250 BC e é cinzelado nas falésias do arenito. A estátua assentada de Ramses de 65 pés é a atração principal do templo. Há dois templos, um de Ramsés e o segundo para sua rainha Nefertiti.
Templo de Abu Simble - Aswan



A extraordinária beleza e grandeza do templo é simplesmente magia delimitadora. O templo permaneceu escondido do mundo até 1812, quando o explorador suíço Johann Burckhardt encontrou. Em 1964, o templo foi conservado para proteger das águas ascendentes da represa elevada de Aswan.
Todo o local foi desmantelado e movido para um lugar 65 m mais alto e 200 m atrás do rio, onde a estrutura foi reassembled novamente.
reconstrução das estatuas num local mais alto onde as aguas da represa de Aswan nao as inundassem


Salão Hispóstilo
As estátuas de 108 metros de altura de Ramsés no caminho da entrada, levando a um grande salão separado em dois quartos do tesouro é a primeira coisa que qualquer pessoa vai notar no templo.

Mais adiante está o Salão Hipóstilo cheio de pilares floridos e cenas da família do rei. O monumento é uma memória da vitória de Ramsés II na Batalha de Cades, que se acredita ter ocorrido em 1274 aC, entre os egípcios e Anatólios, que inclui parte da Síria moderna, Turquia e Líbano. Dizem que o templo levou cerca de vinte anos para ser construído.


Melhor meses para fazer tour 


Os melhores meses são entre Novembro e Maio quando as temperaturas ainda nao estão altas o bastante. Sempre leve roupas de algodão, filtro solar, sapatos confortáveis, chapéu e muita água!
 

O Festival do Sol



O Festival do Sol no Templo de Abu Simbel, que permanece na escuridão durante todo o ano, vê o fluxo de luz natural só em duas ocasiões todos os anos, que são nos meses de fevereiro e outubro. A luz que flui para dentro do complexo reflete em Ramses II e estátuas sentadas de Deus do Sol, iluminando todo o lugar destacando a arquitetura brilhante do lugar. A estátua que permanece ainda na escuridão, mesmo nestes dois dias é de Ptah, a Deusa das trevas. A visão é verdadeiramente maravilhosa e atrai turistas de todo mundo para comemorar o Festival muito celebrado do sol.

Caminho até Abu Simbel


A maioria diz que chegar a Abu Simbel é nada menos do que um passeio de aventura e um comboio de veículo começa depois de se encontrar em Assuão às 12 horas. O comboio viaja juntos através do deserto aberto e é escoltado por militares, cada ônibus tem um oficial armado acompanhante. Vendo a emboscada passada de ônibus por grupos terroristas, o controle militar parece importante. A viagem é de três horas depois que os turistas chegam a Abu Simbel perto da fronteira com o Sudão.

Festival do Sol como impulsionador turístico

Dança Nubia - Festival do sol

Nos dois dias do ano, que são 22 de fevereiro e exatamente 8 meses depois, 22 de outubro, o setor de turismo no Egito vê a chegada de muitos visitantes, reunindo-se de todo o mundo. Testemunhar este fenômeno é uma festa, considerando o conhecimento de astronomia e tecnologia que os antigos egípcios usaram para fazer tal construção e evento possível.

O Ministério do Turismo, junto as equipes do festival com o povo de Assuão reunem-se para fazer arranjos, onde tudo é assegurado para os turistas poderem se divertir e poderem vir a comemorar o fenômeno solar única, proporcionando a qualquer pessoa uma experiência única de vida.


História do Templo do Sol



Os templos foram esculpidos fora da montanha no século 13 aC e foram redescobertos por volta de 1800 dC, depois de terem sido enterrados na areia por cerca de 2.000 anos.O monumento serve como um memorial para Ramses II e sua esposa Rainha Nefertari para comemorar sua vitória na batalha de Kadesh. Acredita-se que a batalha tenha ocorrido em 1274 aC entre os egípcios e os antigos anatólios, que compunham o império hitita, que incluía partes da moderna Turquia, Síria e Líbano.
Em 1968, os templos tiveram que ser realocados por medo de inundação causada pela represa do alto Aswan. Eles foram transferidos para uma colina artificial para ser elevado acima do alcance da água. A deslocalização foi supervisionada pela UNESCO e estima-se que custou cerca de US$ 40 milhões. O complexo foi dividido em blocos, que foram então transferidos para o novo local onde foram remontados. Todo o complexo foi dividido em 10.000 blocos, com cada peça pesando até 30 toneladas. Devido à composição da rocha, que é arenito, o uso de explosivos estava fora de questão. Em vez disso, os engenheiros usaram uma coleção de brocas e outras ferramentas para cortar os templos em blocos.
O processo de deslocalização levou cerca de quatro anos para ser concluído. O novo local era 65 metros mais alto do que o antigo e os engenheiros tiveram o cuidado de colocar os templos na mesma orientação norte-sul do antigo complexo, para produzir o mesmo efeito quando se trata da penetração do sol nos templos.Os dois templos são dedicados a várias divindades, nomeadamente Ra, Ptah, Amon e Hathor. Acredita-se que o Grande Templo levou cerca de 20 anos para construir.
A festa do sol ocorre em duas datas distintas, em 22 de outubro e 22 de fevereiro. Estas datas são acreditadas para significar o aniversário do Ramses II eo dia em que ele ascendeu ao trono. Em cada um desses dois dias, quando o sol entra no templo ao amanhecer, os raios iluminam as estátuas apenas na parede de trás, exceto Ptah, o deus do submundo. É uma façanha que foi alcançada no Egito antigo, considerando a tecnologia eo conhecimento de astronomia que estava disponível na época.Nestes dois dias do ano, o Ministério do Turismo, juntamente com a população local de Assuão, se unem para criar o festival do sol, que começa logo antes do nascer do sol. Músicos e dançarinos locais se reúnem para realizar algumas danças tradicionais para entreter os visitantes e comemorar o fenômeno solar único.



Fontes



Leia Mais ►

Leia Mais ››

Música egípcia Agmal Qeset Hob com Hossam Habib

 A MAIS LINDA HISTÓRIA DE AMOR



Acabei de fazer esse vídeo romantico com a música que sempre ouço... Espero que gostem!




كلمات أغنية أجمل قصة حب
Agmal Qeset Hob

A mais linda história de amor
The most beautiful love story 
  •  Cantor: حسام حبيب - Hossam Habib


اجمل قصة حب عايشها معاك فى هواك
Agmal 2esset 7ob 3ayesha ma3ak .. Fe hawak

 Estou vivendo a mais bela história de amor com você... no seu amor
I'm living the most beautiful love story with you .. in your love


 احلى كلام من القلب بيطلع وانا وياك فى لقاك
A7la kalam bel 2alb beytla3 wana wayak .. Fe lo2ak

As mais doces palavras saem do coração quando estou com você... na sua presença
The sweetest words come out from the heart when I'm with you .. in your presence
 
اجمل قصة حب عايشها معاك فى هواك

Agmal 2esset 7ob 3ayesha ma3ak .. Fe hawak

  Estou vivendo a mais bela história de amor com você... no seu amor
I'm living the most beautiful love story with you .. in your love

 احلى كلام من القلب بيطلع وانا وياك فى لقاك
A7la kalam bel 2alb beytla3 wana wayak .. Fe lo2ak

 As mais doces palavras saem do coração quando estou com você... na sua presença
The sweetest words come out from the heart when I'm with you .. in your presence
 
بسيب عينى تقول لعينك .. كلام حاسه وشايفه انا فيك

Baseb 3eny te2ol le 3eneik kalam 7asso we shaifo ana fek

Eu deixo meus olhos dizer ao seus, palavras que sinto e vejo nos seus olhos
I let my eyes tell yours, words that I feel and see in your eyes


 واتوه لما تقول كلمة بحب اسمعاها انا بين ايديك
Watoh lama te2ol kelma ba7eb asma3ha ana ben 2edek

e eu fico perdido quando você diz uma palavra que eu amo ouvir nos seus braços
And I get lost when you say a word that I love to hear in your arms
 
بسيب عينى تقول لعينك .. كلام حاسة وشايفة انا فيك

Baseb 3eny te2ol le 3eneik kalam 7asso we shaifo ana fek

 Eu deixo meus olhos dizer ao seus, palavras que sinto e vejo nos seus olhos
I let my eyes tell yours, words that I feel and see in your eyes

 
 
واتوه لما تقول كلمة بحب اسمعاها انا بين ايديك

Watoh lama te2ol kelma ba7eb asma3ha ana ben 2edek

 e eu fico perdido quando você diz uma palavra que eu amo ouvir nos seus braços
And I get lost when you say a word that I love to hear in your arms

  نفسي اعيشلك عمرى وكل دقيقة فى حياتى

Nefsy a3eshlak 3omri we kol de2e2a fe 7aiaty
Eu desejo viver cada minuto da minha vida por você
 I wish to live every minute in my life for you

 قبل ما اقول الكلمة تقولها بصوت يا حياتى
2abl ma2ol el kelma te2olha be sot ya 7aiaty

Antes de eu dizer uma palavra você diz primeiro, minha vida
Before I say a word you say it first, my life (darling)

 نفسي اعيشلك عمرى وكل دقيقة فى حياتى
Nefsy a3eshlak 3omri we kol de2e2a fe 7aiaty

 Eu desejo viver cada minuto da minha vida por você
 I wish to live every minute in my life for you


 واشتاق دايما اقولك احلى كلام يا سلام
Washta2 daiman a2olak a7la kalam ya salam

E  sentir falta de dizer a você as palavras mais doces, que lindo
And to miss to tell you the sweetest words, how sweet


 لو يوصلك قبل ما اقوله بعينى اوام يا سلام
Law yewsalak 2abl ma2olo be 3einy awam ya salam

Se elas encontrarem você antes de eu dize-las com meus olhos diretamente, que lindo
If it reaches you before I say it with my eyes right away, how sweet


 بسيب عينى تقول لعينك .. كلام حاسة وشايفة انا فيك
Baseb 3eny te2ol le 3eneik kalam 7asso we shaifo ana fek

Eu deixo meus olhos dizer aos seus, palavras que sinto e vejo nos seus olhos
I let my eyes tell yours, words that I feel and see in your eyes

 واتوه لما تقول كلمة بحب اسمعاها انا بين ايديك
Watoh lama te2ol kelma ba7eb asma3ha ana ben 2edek

 E fico perdido quando você dia uma palavra que eu amo ouvir nos seus braços
And I get lost when you say a word that I love to hear in your arms

 بسيب عينى تقول لعينك .. كلام حاسة وشايفة انا فيك
 Baseb 3eny te2ol le 3eneik kalam 7asso we shaifo ana fek

 Eu deixo meus olhos dizer aos seus, palavras que sinto e vejo nos seus olhos
  I let my eyes tell yours, words that I feel and see in your eyes


 واتوه لما تقول كلمة بحب اسمعاها انا بين ايديك
Watoh lama te2ol kelma ba7eb asma3ha ana ben 2edek

E fico perdido quando você dia uma palavra que eu amo ouvir nos seus braços
And I get lost when you say a word that I love to hear in your arms




***************************

Como estudar com música:

Pegue apenas uma frase e tente ver como ela é formada.





Leia Mais ►

Leia Mais ››